COMPARTILHAR

O Estado pede 10 anos de prisão para Benja, menor, preso político da revolta.

Em 18 de outubro de 2019, os protestos dos estudantes do ensino médio contra o aumento de 30 pesos na passagem do metrô desencadearam uma mobilização social sem precedentes no Chile, fazendo explodir as injustiças da ordem em vigor. Várias estações de metrô foram destruídas pelas enormes manifestações, uma delas foi a Estação Pedrero.

Em 7 de novembro de 2019, Benjamin, 16 anos, foi detido pela Polícia de Investigações nas imediações de sua escola. Em meio de uma grande publicidade nos meiso de comunicação, o Estado o acusou do incêndio na referida estação, mantendo-o na prisão no SENAME.

Em 12 de junho de 2020, o miserável promotor Manuel Guerra encerrou a investigação solicitando sentenças de 10 anos de prisão por Benja e 20 anos de prisão contra seu tio, Daniel Morales, pela mesma causa.

Por que o Estado prende os menores, a pobreza e a rebeldia. Não permitiremos que Benja seja condenado. Pedimos solidariedade urgente com este caso antes do julgamento iminente.

Não + SENAME!

Liberdade e solidariedade com Benja!

Via Coordenadora 18 de outubro