Da noite de 11 de julho até a tarde de 30 de agosto, a articulação de um grupo de pessoas de dentro e de fora de Cuba conseguiu registrar 896 detenções, por meio de relatos de familiares, amigos, conhecidos ou cidadãos com domínio da informação.

Desses 896 casos, 496 foram verificados. Dessa forma, foi possível confirmar a libertação de 354 pessoas, com evidências de que pelo menos 30 estão em prisão domiciliar e pelo menos 45 estão sob fiança.

Fazem parte dessa relação 42 menores de 18 anos ou com 18 anos completos. Entre eles, 9 menores de 18 anos e outros três com 18 anos continuam detidos.

Oficialmente, 67 pessoas condenadas em julgamento sumário foram reconhecidas, apenas uma foi absolvida. Dessas 67, 34 pessoas foram identificadas. Destes, após o recurso: 3 foram libertados com multa; 2 mudaram para prisão domiciliar; 5 para trabalho correcional com e sem confinamento.

Os principais crimes acusados ​​são:

Desordens públicas: 231

Desacato: 89

Instigação para cometer um crime: 80

Atentado: 76

Propagação de epidemias: 66

Resistência: 55

Embora em Havana, até o momento, tenham sido documentadas 255 detenções, dados públicos revelados por presos libertados mencionam a existência de relações de até 800 pessoas em um único centro de detenção na província. É possível que esta realidade corresponda não só com a de outros centros de Havana, mas com a de outras províncias do país.

Até hoje, a maioria dos libertados são artistas, ativistas, estudantes universitários, jornalistas ou com certa ou marcada visibilidade midiática. No entanto, mais de uma centena de ativistas continuam detidos e uma nova lei de “segurança informática” aumentou o controle e a repressão sobre o povo cubano.

A campanha pela liberdade imediata dos presos deve ser fortalecida, não só em Cuba, mas também no Chile, na Colômbia, onde centenas de ativistas continuam privados de liberdade.

A partir do LIT-QI, nos juntamos à demanda pela libertação imediata dos presos e o fim dos julgamentos e das sentenças sumárias.

Participe da coleta de assinaturas:

https://www.change.org/p/miguel-d%C3%ADaz-canel-berm%C3%BAdez-justicia-para-los-manifestantes-del-11j?utm_source=share_petition&utm_medium=custom_url&recruited_by_id=e513da10-fb24- 11eb-8d97-ede7b2c24f10