ter abr 23, 2024
terça-feira, abril 23, 2024

Apoio à resistência ucraniana na Alemanha

No sábado, 24 de fevereiro, realizaram-se concentrações e manifestações em diferentes cidades da Europa e do mundo para recordar os dois anos de resistência ucraniana contra a invasão imperialista da Rússia.

Por: Militantes da LIT-QI na Alemanha

Em várias cidades da Alemanha, milhares de pessoas foram às ruas para mostrar a sua solidariedade ao povo ucraniano e protestar contra a invasão russa. Em Bremen, a organização ucraniana “Unity Center UA” convocou uma concentração e uma manifestação que começou às 15h00 na Praça Central do mercado da Cidade Velha. Reuniram-se cerca de 1.000 pessoas e fizeram uma passeata pela cidade.

Podíamos ver cartazes rechaçando a invasão russa, repudiando a passividade da UE, rechaçando Putin ou exigindo o retorno dos prisioneiros de guerra. Foram cantados consignas como: “Rússia fora da Ucrânia”, “Armas pesadas e sistemas antiaéreos para a Ucrânia” ou “Rússia Estado terrorista”. Na manifestação também participou um grupo de exilados e sindicalistas da Belarus perseguidos pelo seu governo, que também vieram dar o seu apoio à resistência ucraniana.

No final da manifestação, a organização concluiu apelando à continuação da solidariedade e do apoio à resistência.

Como LIT-QI na Alemanha continuamos impulsionando a campanha de apoio internacional à vitória da resistência ucraniana e realizaremos esta semana uma palestra, aproveitando a chegada a Bremen do líder do Sindicato Independente dos Mineiros de Krivih Rih (NPGU) , Yuri Samojlov. Neste evento poderemos conversar com ele sobre a situação atual da resistência operária e ver como podemos continuar apoiando a partir de Bremen.

Confira nossos outros conteúdos

Artigos mais populares