sáb mar 02, 2024
sábado, março 2, 2024

São Paulo: Readmissão dos metroviários demitidos, já!

Quem luta contra a privatização não pode receber punição!

Por: PSTU Brasil

A direção do Metrô, a mando do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), suspendeu um metroviário e demitiu oito, num ato antissindical, abusivo e arbitrário contra os trabalhadores, como retaliação à greve de 3 de outubro que parou São Paulo contra a privatização.

Entre os demitidos estão o vice-presidente do sindicato, Narciso Soares, e o membro do sindicato e dirigente da CSP-Conlutas, Altino Prazeres. Ambos são militantes do PSTU, trabalham há anos na categoria e são lutadores em defesa do transporte público e da qualidade dos serviços pra classe trabalhadora.

Enquanto quer entregar a Sabesp, o Metrô e a CPTM pra os bilionários, e oferecer serviços caros e piores à população, o governador demite trabalhadores que lutam contra a entrega do patrimônio público pras empresas privadas. Os metroviários lutam em defesa da população!

Todo apoio à luta dos trabalhadores metroviários!

Não ao plano de Privatização do Tarcísio!

Transporte e água não são mercadorias!

Não às demissões! Reintegração, já!

Confira nossos outros conteúdos

Artigos mais populares