seg jul 22, 2024
segunda-feira, julho 22, 2024

Declaração sobre o confisco da UCA pela ditadura de Ortega

Os partidos centroamericanos da Liga Internacional dos Trabalhadores (LIT-QI): o Partido Socialista dos Trabalhadores de Honduras, a Plataforma da Classe Trabalhadora de El Salvador e o Partido dos Trabalhadores da Costa Rica, expressamos nosso absoluto rechaço ao congelamento dos fundos de financiamento- e posterior fechamento – da Universidade Centroamericana (UCA) que a Dinastia de Daniel Ortega e Rosario Murillo empreendeu. O fechamento da UCA implica afetar o desenvolvimento acadêmico e profissional de milhares de jovens estudantes nicaraguenses, assim como dezenas de professores universitários.

A ditadura capitalista de Ortega já deixou mais de 37 mil estudantes que não podem concluir seus estudos devido ao governo nicaraguense ter confiscado, até agora, 26 universidades no total, às quais agora se soma a UCA. Além disso, a ditadura criou, sobre as cinzas de 4 universidades confiscadas, suas próprias “casas acadêmicas”, sua própria escola de propaganda, onde o sandinismo decide quem entra e quem não, quem pode ser docente ou não e quais conteúdos serão dados.

Assim, a autonomia universitária para o livre desenvolvimento do pensamento humano, independente dos interesses dos atuais governos, perdeu-se totalmente, o que representa uma amostra palpável da censura acadêmica e do caráter ditatorial do regime.

Sabemos bem que a UCA apoiou as/os estudantes na insurreição popular nicaraguense contra Daniel Ortega e Rosario Murillo em 2018 (a mesma que foi violentamente reprimida). Por isso entendemos que o confisco de seus fundos é uma tentativa para manter em silêncio os estudantes, docentes e trabalhadoras/es que questionam o regime e propõem a necessidade de um novo rumo para a Nicarágua, longe da ditadura orteguista.

Ainda assim, e apesar de Ortega também tentar cortar as vias de comunicação de seu povo com o resto do mundo, a juventude nicaraguense não se deixa intimidar e lançaram um chamado para que a partir de outros países saibamos destes acontecimentos e se organize um movimento de solidariedade internacional com as e os jovens nicaraguenses.

A partir de nossas agrupações fazemos eco desta mensagem e fazemos um chamado ao conjunto dos movimentos sociais centro-americanos e a nível mundial para que se pronunciem contra este novo ataque de Daniel Ortega à juventude nicaraguense e à autonomia universitária.

Chamamos todas as organizações populares e estudantis centro-americanas para que organizemos manifestações de repúdio nas embaixadas nicaraguenses nos respectivos países.

Também denunciamos a nova onda de detenções e presos/as políticas que  deixou a interdição da UCA.

Defendamos a Autonomia Universitária!

Fora as mãos da ditadura dos centros universitários!

Abaixo a ditadura de Ortega-Murillo!

Por uma América Central livre de ditaduras e autoritarismo!

Pela Reconstrução Socialista da América Central!

Tradução: Lílian Enck

Confira nossos outros conteúdos

Artigos mais populares