A partir deste fim de semana, 16 a 18 de outubro: Solidariedade com a resistência popular palestina! Boicote a Israel já!

#SolidarityWaveBDS

Por: Movimento BDS

Uma nova geração de palestinas e palestinos está seguindo os passos das gerações anteriores, levantando-se em massa contra um brutal regime de ocupação, colonialismo e apartheid israelense que já dura muitas décadas. Dezenas de milhares de palestinos se somaram às manifestações que acontecem em inúmeras cidades em toda a Palestina histórica e nos campos de refugiados dos países árabes vizinhos.

Neste fim de semana, convidamos a todos a se unirem a uma onda de ação internacional em solidariedade com a luta palestina. Chamamos as pessoas conscientes que queiram apoiar esta luta a atuar colocando em marcha iniciativas de Boicote, Desinvestimento e Sanções, como uma forma de dizer claramente aos palestinos e palestinas que eles não estão sozinhos.

A atual insurreição liderada pela juventude palestina é uma resposta à intensificação da limpeza étnica e da opressão israelense, principalmente em Jerusalém. Nos últimos meses, Israel acelerou o roubo das terras palestinas e a demolição de suas casas, aumentou seus ataques racistas ao complexo da mesquita de Al Aqsa, estreitou o cerco à Gaza e implementou novas medidas racistas contra as cidadãs e cidadãos palestinos de Israel.

Israel e seus grupos de colonos fundamentalistas e terroristas atacaram de forma selvagem os protestos palestinos, executando meninas, meninos e jovens em plena rua e deixando mais de mil feridos.

É necessária, com urgência, uma resposta internacional efetiva que pressione os governos, instituições e corporações para que ponham fim à sua cumplicidade com os crimes de Israel.

O Comitê Nacional Palestino de BDS (BNC, por sua sigla em inglês), que lidera o movimento global de BDS, é uma ampla coligação de sindicatos e organizações, muitas delas envolvidas na resistência popular. O BNC está chamando a uma onda de ação em solidariedade com a luta palestina a partir do próximo fim de semana, de 16 a 18 de outubro.

Vamos levar a solidariedade internacional à resistência popular palestina na próxima etapa por meio do boicote, do desinvestimento e das sanções (BDS):

  • Exigindo um embargo militar e outras sanções contra Israel em todos os protestos e ações diretas criativas.
  • Potencializando o impacto das ações de solidariedade mediante o chamado a realizar campanhas de BDS em todos os terrenos, a fim de isolar o regime israelense de ocupação e apartheid, tal como foi feito com o apartheid sul-africano.
  • Realizando campanhas contra companhias multinacionais cúmplices, como G4S e HP, e companhias israelenses, como Elbit Systems, que participam da infraestrutura da opressão do Estado de Israel.
  • Organizando eventos, debates, ações criativas e ocupações para educar sobre os direitos palestinos mediante a participação em campanhas de BDS.
  • Difundindo suas ações mediante o hashtag #SolidarityWaveBDS.

Convidamos todos a adicionar suas ações ao calendário global que estamos construindo escrevendo-nos a [email protected] ou neste link.

Leia nossa declaração completa aqui.

Tradução: Raquel Polla