COMPARTILHAR

“Construindo um  caminho de Resistência e  Luta das mulheres trabalhadoras  contra a  opressão e exploração!”

O Movimento Mulheres em Luta completará 10 anos de existência em Abril de 2018. Ao longo desse período seguimos uma trajetória de muitas lutas e organização das mulheres trabalhadoras na defesa de seus direitos, no combate ao machismo e à exploração.

Enfrentamos o governo do PT quando grande parte das mulheres trabalhadoras acreditava que esse era um governo seu, pacientemente dizíamos que não bastava ter uma mulher na presidência, pois Dilma não defendia os interesses das mulheres trabalhadoras; denunciamos os baixos investimentos nas políticas de combate ao machismo e a insuficiência da rede de assistência às vítimas; construímos uma forte campanha denunciando o turismo sexual, o assédio, as encoxadas no transporte público, etc.; construímos junto com diversas categorias os encontros de mulheres e as secretarias/departamento de mulheres nos sindicatos.

Vimos aumentar os casos de violência doméstica, estupros e feminicídios e também a desigualdade para as mulheres no mercado de trabalho e na sociedade, como reflexo do aprofundamento da crise econômica.

Nesse contexto, as mulheres mostraram toda sua garra e firmeza e não titubearam em ir à luta para defender suas vidas, seus empregos, seus direitos. E, seguem exercendo um protagonismo importante na luta do conjunto dos trabalhadores, enfrentando os ataques e reformas do governo Temer, assim como os projetos da bancada conservadora do congresso que atacam nossos direitos democráticos, como os que aumentam a criminalização do aborto.

Até aqui fomos guerreiras e construímos muita coisa, mas a realidade se mostra cada vez mais exigente e a necessidade de apresentar uma alternativa de classe para o enfrentamento ao machismo e as desigualdades impostas às mulheres no capitalismo segue sendo fundamental.

Leia também:  Haiti foi o laboratório para a ocupação do Rio pelo Exército
mulheres, brasil - MML Brasil, Luta das mulheres, 2º Encontro MML
Vera, pré candidata a presidente pelo PSTU

É frente a esse contexto que temos a satisfação de realizar o 2º Encontro Nacional do Movimento Mulheres em Luta, nos dias 21 e 22 de Abril de 2018, na cidade de São Paulo. Para marcar a primeira década de nossa organização, mas principalmente, para traçar o caminho de avanço na organização independente das mulheres trabalhadoras para combater o machismo e a exploração capitalista. Para isso, o nosso Encontro deve ser construído com o empenho e o entusiasmo de todas. Estamos aguardando você!

​Todas rumo ao encontro nacional do MML de 2018 !!!

Fonte: http://mulheresemlutanaci.wixsite.com/encontro2018