COMPARTILHAR

Como se montou e quem integra a lista?

A lista se montou com companheiros e companheiras do PSTU, junto com simpatizantes com os quais compartilhamos uma infinidade de lutas. Temos o orgulho que companheiros petroleiros, docentes, funcionários públicos, personalidades da cultura, operários da construção civil e lutadores barriais façam parte dela. Também há uma grande participação de mulheres e homens dos povos originários.

Por: PSTU Argentina

Por que dizem que é uma lista pela liberdade de Daniel Ruiz?

Daniel é daqui, referência de diferentes lutas que há mais de 20 anos milita na corrente. Além da proximidade por toda esta militância compartilhada, é um orgulho para nós que nosso companheiro, que é  atualmente  um prisioneiro de Macri por enfrentar o roubo dos aposentados, seja candidato a deputado nacional por Chubut pela Frente de Esquerda e dos Trabalhadores UNIDAD. Entendemos que isso reafirma o caráter operário e socialista da lista e com esta visibilidade conseguiremos massificar a campanha pela sua LIBERDADE.

O que o PSTU propõe nestas eleições?

A dependência nacional e a recolonização imperialista nos obriga a dar respostas nacionais: a dívida externa que submete nosso país, da qual faz parte também a dívida provincial e municipal exige como medida fundamental seu não pagamento, assim como uma investigação detalhada sobre para onde foi cada um dos dólares de endividamento. Com julgamento de seus responsáveis e confisco de seus bens, sobretudo quando o endividamento provincial está atravessado pelas causas de corrupção onde está envolvido meio gabinete do falecido Das neves e do atual governador Arcioni.

Por outro lado, vemos como as multinacionais e os grupos econômicos levam o petróleo e o gás em forma de saque enquanto temos escolas que não funcionam por falta de gás ou famílias que morrem por falta do mesmo. Isto exige a nacionalização já e estatização do petróleo e do gás com expropriação dos ativos das empresas e assim fazer com que esse petróleo e gás que milhares de operários petroleiros na região extraem, sejam em benefício do povo e não de uma minoria saqueadora.

Leia também:  Portugal | #12S Liberdade imediata para Daniel Ruiz

Há perigo de não superar o mecanismo antidemocrático das PASO?

Levemos em conta que o cenário das eleições burguesas não é o nosso. Estamos em desvantagem a respeito do aparato publicitário, o dinheiro, a estrutura, o arcabouço de ponta com que os partidos patronais contam, e que ademais há muito que não batalhamos neste cenário. Por isso existe a possibilidade de não superar o piso das PASO (Primárias Abertas, Simultâneas e Obrigatórias).

Não obstante, queremos ressaltar a rapidez com que conseguimos ter companheiras e companheiros dispostos a ocupar os 35 cargos em  nossa cédula e o compromisso e a necessidade que há de agitar pela liberdade de Daniel Ruiz e defender um programa que representa os interesses da classe operária, dos direitos da mulher, dos povos originários e da soberania das Malvinas e do anti-imperialismo contra o saque e o ajuste dos de cima e seus partidos e políticos patronais.

Não há outra proposta similar nestas eleições. Em Comodoro Rivadavia, o PSTU levará sua proposta operária e socialista. Por isso dizemos que Não vote em empresários nem em corruptos. Tem que votar em Trabalhadores. Por isso, pedimos o voto em Agosto para que a esquerda possa estar em Outubro.

Por: Lilian Enck