COMPARTILHAR

Todo apoio!

Trabalhadores em greve há mais de 10 dias são de empresas que produzem autopeças e produtos eletrônicos

Por: CSP Conlutas

Desde o dia 25 de janeiro, operários de montadoras da cidade de Matamoros, no México, estão em greve por aumento salarial, direitos e contra demissões em massa.

São ao todo 55 mil trabalhadores de 45 empresas que cobram também direitos devidos desde o ano passado. Uma das empresas locais anunciou fechamento de planta e já haviam demitido cerca de 2 mil trabalhadores.

A cidade fronteiriça que tem 110 plantas tem ganhado destaque com as mobilizações. Desde 2018, conforme informação publicada na imprensa mexicana, a região teve cerca de mil greves. Em Tamaulipas houve mais ocorrências, com 258 paralisações.

Na última semana, 34 empresas chegaram a acordos e, até quinta-feira passada (31/1), 11 permaneciam paralisadas, disse o vice-secretário do Ministério do Trabalho, Alfredo Dominguez, a uma estação de rádio local.

A greve foi declarada “ilegal” pelo governo porque o sindicato não compareceu às audiências de conciliação. As empresas, em retaliação, demitiram diversos ativistas, que denunciam que a imprensa tem divulgado mentiras a respeito da luta da categoria.

Além disso, os trabalhadores ainda enfrentam a repressão policial, a tensão e o medo. Diante de tais condições, o movimento organizou brigadas de defesa, que fazem a guarda em frente às fábricas, para manter e fortalecer a greve.

A mobilização já obrigou algumas empresas a recuarem, o que possibilitou que alguns acordos fossem assinados em separado.

Além do aumento salarial e dos direitos reivindicados, há também como demanda na pauta da categoria a reintegração de todos os demitidos desde o início da greve.

A CSP-Conlutas apoia a luta dos trabalhadores no México que se organizam de maneira combativa e corajosa, confrontando o governo, os patrões e os sindicatos da patronal.

Leia também:  CSP-Conlutas lança carta aberta defendendo Greve Geral contra a reforma da Previdência

– Todo apoio a greve dos operários das Montadoras de Matamoros!

– Pelo atendimento das reivindicações!

– Pela readmissão de todos os demitidos