Nas últimas horas, soubemos que hoje, quinta-feira, 11, o pedido de extradição de Sebastián Romero foi enviado ao Ministério das Relações Exteriores do Uruguai. Este é um primeiro passo da solidariedade de uma ampla unidade de organizações, pedindo uma rápida resolução sobre sua extradição.

Nós do PSTU e da Liga Internacional dos Trabalhadores realizamos uma campanha internacional por sua liberdade. Sebastián, hoje, é nitidamente um preso político por enfrentar o ajuste e repressão do governo Macri e Bullrich.

Diante dessa situação, convocamos representantes de direitos humanos, organizações políticas e sindicais para acompanhar a apresentação das numerosas assinaturas e expressões de solidariedade em nível nacional e internacional que chegaram em apoio ao pedido de libertação imediata liberdade para Sebastián Romero na porta da Embaixada do Uruguai, na Calle Arenales 1392, cidade de Buenos Aires.

Sexta-feira 06/12 às 11:00.