No âmbito da campanha internacional promovida pela LIGA INTERNACIONAL DOS TRABALHADORES (LIT-QI) e pelo PSTU da Argentina, exigindo a liberdade do camarada Sebastián Romero, os camaradas da ESQUERDA SOCIALISTA DOS TRABALHADORES (IST) querem agradecer a todas as declarações e resoluções de apoio que chegaram até nós de organizações de direitos humanos, organizações sindicais e grupos, bem como organizações políticas e vários militantes das causas operárias e democráticas em nosso país.

Esse apoio chegou até nós através de diferentes canais, seja por correio, outros pelo WhatsApp, outros o publicaram em seu Facebook. São elas: CRYSOL, que está organizando uma visita à prisão de Libertad para apoiar o camarada Sebastián. Os membros da PLENÁRIA POR MEMÓRIA E JUSTIÇA, Dr. Pablo Ghirardo e a companheira Irma Leites, que se colocaram à disposição. Também recebemos o apoio da companheira ELENA ZAFFARONI, que trouxe todas as informações para a organização de FAMILIARES, que foi divulgada entre seus membros.

Em nome dos sindicatos, chegou uma carta de apoio da UNION DE OBREROS CURTIDORES (UOC) e declarações de apoio do Grupo Rosa Luxemburgo da SUINAU, do Grupo Qué Hacer ADEOM e da Comissão Diretiva da ADES-Montevidéu. Os companheiros de Olla Popular dos operários do Frigorífico Canelones e trabalhadores do sindicato AUTE-Canelones e Sta. Lucía, bem como os trabalhadores terceirizados tomaconsumos de OSE, levantaram cartazes pela liberdade de Sebastián no transcurso do ato do PIT-CNT no dia da greve em 4 de junho.

Também recebemos a solidariedade de Gustavo López, ex-candidato a vice-presidente da UNIDAD POPULAR (UP), Rafael Fernández e Andrea Revuelta, ex-candidato a presidente e vice-presidente respectivamente do PARTIDO DOS TRABALHADORES URUGUAI (PT), que nos acompanharam junto com seus militantes, destacando-se com sua presença.

Agradecemos também ao Dr. Daniel Parrilla, Damián Recoba do CORRENTE SOCIALISTA DOS TRABALHADORES (CTS) e a Esquerda Diário do Uruguai, à RESISTÊNCIA OPERÁRIA ESTUDANTIL (ROE), aos companheiros do Movimento de Libertação – LA SENDA, bem como às companheiras e companheiros de 26 de MARÇO (UP) e numerosos ex-presos e presas políticos que anonimamente expressaram seu apoio.

Desde o primeiro momento, o camarada Grissoni, em nome da CRYSOL, enviou cartas, tanto à Presidência da INDDHH, Dr. Blengio, e ao Procurador Geral, Dr. Jorge Díaz, a quem solicitou autorização para visitar Sebastián na Prisão Libertad. Eles também divulgaram a notícia da prisão de Sebastián tanto em declarações internas quanto em seu programa de rádio das sextas-feiras.

No domingo passado, 7 de junho, um companheiro do IST pôde encontrar-se com Sebastián na prisão e o encontrou em muito boa saúde física e mental. Sebastián reiterou seu desejo de voltar ao seu país e concordou em ser extraditado para a Argentina. Não vamos baixar nossas armas e continuaremos a exigir sua liberdade, para que ele possa viajar para seu país e ser libertado pela Justiça. Enviaremos mais informações sobre o andamento da campanha.

A conta coletiva nº 110.446 foi aberta na Abitab, para levantar os fundos necessários para enfrentar as despesas inevitáveis.

A demanda por LIBERDADE PARA SEBASTIÁN ROMERO também está sendo levantada em todos os partidos da LIT-QI, principalmente no PSTU na Argentina, partido do qual Sebastián é militante. As adesões completas em nível internacional podem ser vistos no seguinte link:

https://litci.org/pt/lit-qi-e-partidos/campanhas/sebastian-romero/organizacoes-e-personalidades-que-exigem-a-liberdade-imediata-de-sebastian-romero/

Continuaremos publicando a lista completa, incluindo as dezenas de organizações na Argentina, Brasil, Chile e vários países do mundo onde se levanta com força a exigência para:

LIBERDADE IMEDIATA PARA SEBASTIÁN ROMERO!!