COMPARTILHAR

Vicente, estudante da Universidade de La Serena, encontra-se injustamente detido no Centro Penitenciário de La Serena (Huachalalume) desde 4 de dezembro de 2019 e, como ele, mais de 2000 pessoas foram presas injustamente desde que começou a revolução de 18 de outubro. As provas que têm contra ele são fotografias desfocadas e testemunhos pouco confiáveis ​​de policiais.

Por: MIT-Chile

Sabemos que a juventude combativa, decidida e rebelde é sempre uma dor de cabeça para o poder constituído, por isso a classe empresarial está disposta a apontar com o dedo para os jovens que se organizam junto com o povo, nos bairros, propondo discussões políticas,  lutando nas ruas contra os fascistas e se defendendo da polícia.

Nesta terça-feira, 26 de maio, será realizada a audiência de preparação do julgamento, onde serão revisadas as medidas cautelares para Vicente. Mais forte do que nunca exigimos: Liberdade já aos presos políticos. No mínimo, exigimos que a medida cautelar seja prisão domiciliar para evitar ser infectado enquanto estiver preso em plena pandemia!

Tradução: Tae Amaru