COMPARTILHAR

O ativista argentino Daniel Ruiz segue detido desde 12 de setembro. Nesse período, o camarada, delegado sindical e petroleiro de Chubut enviou mensagens de agradecimento pelo apoio de movimentos e militantes de todo o mundo.

Por: CSP Conlutas

Recentemente, Daniel encaminhou mais duas cartas a dirigentes que compõem o Setorial Internacional da CSP-Conlutas e a Secretaria Executiva Nacional da Central. Nas mensagens, o ativista agradece o apoio internacionalista e consegue, mesmo vivendo a tensão e o isolamento da prisão, encarar com humor e leveza a situação. O preso político ainda enviou solidariedade aos ataques enfrentados pelos trabalhadores aqui no Brasil.

Em carta endereçada ao dirigente Herbert Claros, Daniel diz que os dias são difíceis, “mas também de muita firmeza e convicção, já que devemos enfrentar os planos econômicos dos governos”, e completa avaliando que “é certo que seguirão com o objetivo de privatizar a Embraer. Muita força nessa luta para você e os metalúrgicos”.

Confira abaixo as cartas e as traduções:

Camarada Paulo Barela: Me alegro muito com sua visita que muito me fortaleceu e por tudo o que a CSP-Conlutas tem realizado.
Sabemos que os laços de fraternidade são muito necessários nesses momentos difíceis, e que me visitar na prisão é uma mostra da Classe de Militantes que temos.
Em breve nos veremos, certamente para seguirmos trocando experiências e como sempre desfrutar de um bom churrasco e vinhos.
Com muito afeto, saudações internacionalistas.
Daniel Ruiz, da Penal de Marcos Paz
(preso por lutar) 30/10/2018

Camarada Herbert,
Em primeiro lugar, agradeço por tudo o que tem feito em torno de minha liberdade imediata por meio da Conlutas e da Rede Sindical.
São dias difíceis, mas também de muita firmeza e convicção, já que devemos enfrentar os planos econômicos dos governos.
É certo que seguiram com o objetivo de privatizar a Embraer. Muita força nessa luta para você e os trabalhadores metalúrgicos.
Nos veremos em breve, espero que para o Encontro do G20 eu esteja em liberdade. Senão, nos reencontraremos para comer um bom assado e um vinho Malbec.
Um grande abraço revolucionário, classista e internacional desde a Prisão de Marcoz Paz.
30/10/2018
Daniel Ruiz
Preso Político de Macri

Prisão política – O advogado do ativista, Martín Alderete explica que apesar de todas contestações, e de inúmeros apoios institucionais formalizados e encaminhados à Justiça, o Tribunal Penal decidiu manter Daniel Ruiz em prisão preventiva, acusado de intimidação pública e atentado a autoridade. “Na verdade, a acusação se dá por ele ter participado de manifestações”. O advogado ainda conta que a decisão de mantê-lo detido, sob a presunção de inocência, demonstra que se trata “claramente uma decisão política, sem justificativa legal”.

Leia também:  Liberdade para Daniel Ruiz, liberdade para os presos por lutar

A prisão de Daniel, por participar das manifestações de 18 de dezembro de 2017 contra os ajustes fiscais e as reformas, escancara que a arbitrariedade e a perseguição aos lutadores têm sido a marca principal do governo Macri.

Pois diante dos ataques, nossa solidariedade seguirá sendo construída. A CSP-Conlutas acompanha de perto a situação do camarada, e mantém campanha ativa de apoio e de luta contra as perseguições de Macri.

Liberdade imediata a Daniel Ruiz!

Pelo fim da perseguição e criminalização dos lutadores!