COMPARTILHAR

Eduardo Almeida, da direção da LIT-QI, felicita a grande manifestação, com mais de 20 mil ativistas, contra a Cúpula do G20. Foi um ato anti-imperialista e combativo, que enfrentou uma enorme operação repressiva. Almeida também destacou a forte participação da LIT-QI, com camaradas da Argentina, Brasil, Chile e Peru. Uma coluna internacionalista e socialista.

 

 

Encerramento da participação da LIT-QI e seus partidos na marcha contra o G20