Boletim Eletrônico



Não à entrega de Julián Conrado! PDF Imprimir E-mail
VENEZUELA
Escrito por UST - Venezuela   
Sáb, 25 de Junho de 2011 19:25

Chega de colaboração com o governo do assassino Santos!

Depois da detenção em território venezuelano, no final do mês de abril, e da expulsão ilegal para a Colômbia do jornalista da Agencia de Noticias de la Nueva Colombia (ANNCOL) Joaquín Pérez Becerra, alegando-se como justificativa que ele era o "cabeça na Europa da frente internacional das FARC e culpado de múltiplos atos de terrorismo”, o governo Chávez volta a dar mostras de seu caráter colaboracionista

 com o governo lacaio do imperialismo de Juan Manuel Santos, detendo Julián Conrado, o mais conhecido dos compositores da denominada “canção guerrilheira fariana” e membro do Estado Maior das Farc.
 
A detenção do “Cantor das Farc”, como também é conhecido Julián Conrado, foi realizada atendendo a acordos políticos e militares com o governo colombiano, principal aliado do imperialismo norte-americano na região e continuador do regime genocida e narcoparamilitar de Uribe, que contabiliza mais de 57.200 “desaparecidos” forçados. É necessário lembrar que Juan Manuel Santos, durante seu mandato como ministro da Defesa, levou adiante a política dos “falsos positivos”, que consistiu no pagamento de recompensas a militares que apresentassem civis mortos como guerrilheiros abatidos em combate. Cerca de três mil pessoas, em sua maioria jovens de áreas marginais, foram executados mediante este modus operandi.
 
Julián Conrado foi detido por um operativo conjunto entre agentes do DAS, treinados pelo Mossad, e policiais venezuelanos por ordem do Ministério do Interior e Justiça a cargo de Tarek el Aissaimi.
 
Para além de sua retórica anti-imperialista, o governo Chávez mostra quem são, de fato, seus verdadeiros aliados e até onde está disposto a chegar para obter seu reconhecimento. Assim, enquanto presta favores ao imperialismo entregando guerrilheiros que até há pouco tempo tratava como amigos e que eram muito próximos do seu círculo, não toma nenhuma medida concreta para enfrentá-lo, como no caso específico das sanções por parte do governo gringo contra a PDVSA. O que demonstra um anti-imperialismo só em palavras e no papel.
 
Esta detenção constitui uma vil traição do governo Chávez a todos aqueles honestos lutadores e militantes de esquerda de todo o mundo que em algum momento depositaram sua confiança nele. Nós, da Unidade Socialista dos Trabalhadores (UST), seção venezuelana da Liga Internacional dos Trabalhadores – Quarta Internacional, denunciamos esta traição e nos somamos ao repúdio contra este ato de total entrega e colaboração com o imperialismo e seus serviçais.
 
Posicionamo-nos pela defesa de Julián Conrado e das Farc, que mantém um enfrentamento com o imperialismo, principalmente o norte-americano, e são vítimas da perseguição político-militar e dos métodos repressivos deste e de seus governos lacaiosna região, ainda que tenhamos diferenças com seus métodos de luta e principalmente com o seu programa, que inclui consignas como a de um governo de unidade nacional, o que nos leva a caracterizá-las como uma organização reformista, ainda que armada.
 
Também denunciamos o silêncio cúmplice dos meios de comunicação que se autodenominam revolucionários.
 
Exigimos do governo venezuelano a imediata libertação de Julián Conrado e que ignore o pedido de extradição feito pelo governo colombiano. Da mesma forma, exigimos dos meios de comunicação que se consideram revolucionários que rompam o silêncio sobre este fato.
 
A UST soma-se à campanha e às mobilizações de repúdio contra esta detenção e contra a entrega de lutadores anti-imperialistas e militantes de esquerda aos governos que os perseguem, governos cúmplices do imperialismo, torturadores, genocidas e paramilitares. Como o de Juan Manuel Santos.
 
Chega de entrega de militantes perseguidos!
Libertação imediata de Julián Conrado e fim de toda colaboração de Chávez com o Governo Santos!
 
Unidade Socialista dos Trabalhadores - UST - LIT(QI)
 
Tradução: Érika Andreassy
 

rssfeed
Email Drucken Favoriten Twitter Facebook Myspace Stumbleupon Digg MR. Wong Technorati aol blogger google reddit YahooWebSzenario