Boletim Eletrônico



Primeiro aniversário de fundação da LTS PDF Imprimir E-mail
PANAMÁ
Escrito por LTS – Panamá   
Sex, 15 de Outubro de 2010 23:19
Em 17 de outubro de 2009, um significativo destacamento de militantes sindicais e estudantis decidiu fundar uma organização política de trabalhadores com o propósito de promover a construção do instrumento político da classe trabalhadora panamenha isto é, o partido dos trabalhadores. Ficou claro, naquele dia 17 de outubro, o caráter Marxista-Leninista do projeto político e cujo objetivo estratégico é a Revolução socialista no Panamá e no mundo.
 
O partido que queremos construir pretende ser um instrumento de combate classista a favor dos interesses populares, um partido estruturado na classe trabalhadora, socialista, internacionalista, regido pelo centralismo democrático e ecologista.
 
A necessidade de construir um partido desta natureza está colocada diante da realidade social. Em nosso país, as classes dominantes acumulam vultosas riquezas no meio da mais escandalosa miséria de humildes panamenhos tanto da cidade, do campo e das aéreas Indígenas. Prova disso é o fato de que os meios de comunicação anunciam que o produto interno bruto do país cresce um 6.1 %, no entanto, as mesmas estatísticas oficiais dão conta de que este crescimento não se reflete em benefício das maiorias. O atual governo que preside o empresário Ricardo Martinelli, desde o início de sua gestão, desatou uma ofensiva contra a classe trabalhadora, ofensiva que tem sido respondida com greves insurrecionais, (caso Changuinola) e todo tipo de protestos dos setores organizados (movimento operário, ecologistas, educadores, indígenas, etc.).
 
Hoje, com a finalização do diálogo para eliminar os artigos que atentam contra as conquistas sindicais e os que afetam os avanços em matéria da defesa do sistema ecológico, podemos dizer que se conseguiu, por hora, deter os ataques contra os setores populares neste aspecto. Os revolucionários, estudiosos do materialismo dialético e confiantes nos ensinos da história, sabemos bem que a natureza do capital é depredadora, ofensiva e que somente pode existir sobre a base de impedir a liberdade de expressão, os direitos humanos e reduzir a simples palavra o conceito de democracia.
 
Passado um ano de fundação, nós, militantes da LTS, orientados pelo pensamento de Marx, Lênin e Trotsky, seguiremos propondo a construção do instrumento político da classe trabalhadora como mecanismo estratégico para unificar politicamente o povo e prepará-lo para assumir as rédeas do estado.
 
A um ano de fundação, nosso balanço é positivo porque temos confirmado que, em virtude da necessidade de nos organizar politicamente para a luta, já existe a possibilidade objetiva de organizar o partido dos trabalhadores panamenhos.
 
·         Viva o primeiro aniversário da LTS
·         Viva a Liga Internacional dos Trabalhadores-Quarta Internacional (LIT-QI)
·         Pela construção do instrumento político da classe trabalhadora panamenha para a Revolução Socialista.
 
Liga de Trabalhadores para o Socialismo
Comitê Executivo LTS
Panamá/Colón, 11 de outubro de 2010
 
Tradução: Rosangela Botelho

rssfeed
Email Drucken Favoriten Twitter Facebook Myspace Stumbleupon Digg MR. Wong Technorati aol blogger google reddit YahooWebSzenario